Home / Post / As palavras têm poder

As palavras têm poder

Há muito tempo ouvimos dizer que as palavras têm poder. Mas algumas pessoas ainda ignoram ou fazem pouco dessa frase. Você já parou para pensar em como está o seu diálogo com os outros, com o mundo e com você mesmo? As palavras não são inocentes, os ventos não as leva. Mas assim como poderosamente somos responsáveis por criamos a nossa realidade, também temos o poder de transformá-la.

O biofísico russo e biólogo molecular, Pjotr Garjajev, e seus colegas exploraram o comportamento vibratório do DNA. E comprovaram, recentemente, que as frequências de determinadas palavras, alteram e reprogramam o DNA. A escritora Louise Hay, muito antes desses estudos, já havia comprovado o poder das Afirmações Positivas. Através de livros vendidos pelo mundo, ela levou a simplicidade de sábias palavras para quem estivesse sedento de cura física e espiritual.

Louise formulou milhares de afirmações de cura, estudadas através de padrões de pensamentos que são repetidos e passados de geração para geração. As afirmações positivas já curaram milhares de pessoas ao redor do mundo. E como a pesquisa científica do Dr. Pjtor Garjajev muito bem diz, não é qualquer frequência de palavra que transforma.

Existe uma fórmula para que uma pessoa interessada no assunto possa produzir suas próprias afirmações de cura, de prosperidade, de criatividade, de autoconfiança. É o que eu chamo de a fórmula dos 4 P’s.

  • Positiva
  • Pessoal
  • Presente
  • Poderosa

Veja algumas afirmações que podem fazer toda a diferença em sua vida. Elas podem ser escritas ou faladas:

  • “É seguro viver e experimentar novas ideias”.
  • “Estou aberto e receptivo a toda prosperidade em minha vida”.
  • “Sou um reflexo magnífico dos pensamentos amorosos que nutro”.
  • “Fluo suavemente com a vida e sei que cada experiência existe para o meu mais alto bem”.
  • “Somente atraio experiências gratificantes e esplendorosas para minha vida”.
  • “O externo é sempre o reflexo do interno, por isso me amo a cada dia mais”.
  • “A divina inteligência me dá ideias e eu posso usá-las todas”.

Podemos, sim, transformar nossas estruturas físicas e mentais e, consequentemente, nossa realidade, utilizando determinadas palavras. A ciência está agora comprovando o que Louise Hay já conclama há muito tempo. E o que muitos anônimos, mas não menos importantes, já comprovaram na prática. Existem com incontáveis relatos de cura, de transformação e de alcance de uma realidade desejada. Seja cientista: experimente!